Buscar
  • Filipe Hirota

O que é Margem de Contribuição?

A margem de contribuição é um importante indicador de resultado da sua operação. Ela revela quanto sobra do seu faturamento após pagar tudo que é proporcional às vendas, isto é, seus custos e despesas variáveis.

Imagine que você tenha uma empresa de sapatos, e tenha vendido R$ 100.000 em um determinado mês, tudo do cartão de débito.

Assumindo que a taxa da operadora de cartão seja de 2%, que as comissões dos vendedores sejam de 5%, seus impostos sejam de 10%, e que o custo dos sapatos (CMV) seja de 30% do valor da venda, temos:

Faturamento: 100.000 (100%)

(-) Operadoras: 2.000 (2%)

(-) Impostos: 10.000 (10%)

(-) Comissões: 5.000 (5%)

(-) Custo Sapato: 30.000 (30%)

Margem de Contribuição: R$ 53.000 (53%)

(entenda a diferença entre Custo e Despesa aqui)

O QUE A MARGEM DE CONTRIBUIÇÃO REPRESENTA?

Significa que para cada 100 reais que sua empresa vender, sobrarão apenas 53 reais para pagar as suas despesas e gerar lucro. Ou seja, 47 reais são automaticamente “retidos/gastos”.

O conceito de margem de contribuição é vital para compreender que suas vendas não são “inteiramente suas”, toda venda tem um custo ou despesa variável associada, que cresce na mesma proporção que a venda. Portanto, quando dizemos que uma empresa tem Margem de Contribuição de 53%, estamos dizendo que, de TODO seu faturamento, apenas 53% fica na “mão da empresa” para pagar suas despesas fixas e então retirar seu lucro.

QUAL A MARGEM DE CONTRIBUIÇÃO IDEAL?

Aqui vale a regra: quanto mais, melhor. Quanto menor forem seus custos e despesas variáveis, mais o seu faturamento é preservado e maior o potencial de lucro da sua empresa.

Inversamente, quanto menor for sua margem de contribuição, significa que mais seu faturamento está sendo “corroído” pelos custos e despesas variáveis e, como consequência, será necessário um faturamento maior para cobrir as despesas fixas e retirar o lucro almejado.

É importante sempre frisar que não existe uma regra para os percentuais de margem de contribuição. Ele depende de uma série de variáveis como: segmento de atuação, modelo de negócio, estrutura de custos e despesas, e por ai vai. Cada empresa deve fazer sua análise financeira e encontrar sua margem de contribuição ótima. Feito isso, fique sempre atento à ela!

Precisa de ajuda para aumentar a margem de contribuição da sua empresa? Fale com um especialista!

#vendas #custo #margemdecontribuicao #lucro #gestãofinanceira #finanças #empresas

14 visualizações0 comentário